ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - COMO APRENDER MATEMÁTICA DESDE NOVO

Share:

Parece impossível, mas é verdade. Neurologistas da Brain Science Institute of Duke University (EUA, Carolina do Norte) usaram crianças de seis meses em um experimento sobre aprendizado de matemática. Os resultados são surpreendentes. Constatou-se que, mesmo antes de desenvolver o idioma, os bebês têm um potencial notável na compreensão dos números.

Como método de pesquisa, apresentou-se às crianças um conjunto com duas imagens em telas. Uma representava 8 pontos e a outra 8 ou 16 pontos, alternadamente. Para surpresa dos cientistas, os bebês concentraram seus olhos na tela onde o número de pontos variou. Mas e daí?

Os estudos seguiram com as mesmas “amostras”, isto é, pessoas. Ao longo da infância das crianças, repetiu-se o processo algumas vezes, ficando provado ao final que aqueles que estiveram mais atentos às variações de números desenvolveram melhores habilidades matemáticas mais tarde.

Provou-se, assim, a possibilidade de ganho de competências e habilidades relacionadas à disciplina desde a mais tenra idade. No entanto, uma questão ainda resta? Como podemos desenvolver essas aptidões? Ora, é comum aos bebês o desejo por brincadeiras. Algumas podem desafiá-lo, fazendo com que melhorem os níveis de atenção, concentração e habilidade com números.

É o caso de jogos baseados em formas geométricas. O menino ou a menina deve inserir um objeto da forma de um cubo, um cilindro ou um quadrado no buraco correspondente à forma. No começo, parece ser um problema para resolver! Estimula-se, assim, o raciocínio lógico, fundamental para o desenvolvimento de raciocínios mais complexos caros à nossa disciplina em uma fase mais avançada de suas vidas.

O objetivo fundamental, porém, segue sendo despertar o interesse pela lógica em meio a brincadeiras. A criança faz uma grande parte de suas descobertas de forma independente. Como pais, seu papel não é o de um professor, mas você pode ajudá-lo a estimular seu raciocínio. Você pode fazer isso através de atividades lúdicas e explicações sobre o espaço, as formas, as cores… por que não tentar?

Nenhum comentário