MATEMÁTICA PARA SÉRIES INICIAIS

Share:

A educação é um processo continuado, com diversas etapas, as quais são necessárias para uma formação adequada. Nunca é uma boa ideia saltar estágios. Também é importante respeitar os limites de cada fase desse longo caminho que é a educação humana.

Com a matemática não é diferente. O processo de ensino-aprendizado deve ser pensado não só em termos de conteúdo ajustado à cada idade, mas também a própria forma do ensino. Com isso queremos insistir na importância do aspecto lúdico nas fases iniciais da vida escolar. O brincar é, enfim, um potente instrumento de aprendizado também na nossa disciplina.

Especialistas já entraram em consenso sobre o potencial de aprendizado contidos em jogos de lógica, problemas matemáticos animados e  quebra-cabeças. Cabe ao professor, portanto, fazendo uso da transposição didática do conhecimento acadêmico para a sala de aula, incentivar os educandos na resolução de problemas por meio dessas atividades. O ensino de matemática para as séries iniciais deve se preocupar sobretudo com o desenvolvimento de uma linguagem própria da disciplina. Para tanto, tais instrumentos são potentes aliados.

Por isso a importância de conhecer os desenvolvimentos psicológicos da criança para a efetivação da aprendizagem nas séries iniciais. Isso inclui a valorização dos conhecimentos prévios e da rede simbólica na qual o aluno está inserido, bem como os momentos de aplicações dos diversos conteúdos, o tempo e o espaço escolar e a diversidade de mentes que se encontram em cada sala de aula. Tais são os suportes capazes de afinar o ensino às demandas sociais que buscam, diariamente, amparo resolutivo nas escolas.

Nenhum comentário