MATEMÁTICA PARA CONCURSOS: ESPECIFICIDADES E MÉTODO DE ESTUDO

Share:

A matemática é, desde a escola, considerada uma das grandes carrascas dos estudantes. Não é diferente nos concursos públicos. Desde a publicação de editais com conteúdos programáticos versando sobre tópicos da matemática, os candidatos ficam apreensivos, temendo que a disciplina impeça sua aprovação no certame. Uma forma de evitar isso é, sem dúvidas, uma boa preparação.

Primeiramente, tome nota dos temas que caem mais nos concursos públicos de diferentes níveis. Para cargos de ensino médio, problemas de conjuntos, álgebra e equações de segundo grau são frequentes, treiná-los mesmo antes da publicação de editais para a área, portanto, é um ganho de tempo, pois dificilmente será tempo perdido. Já para cargos de nível superior, o melhor mesmo é esperar a descrição do que será cobrado, a fim de evitar ansiedade.

Em posse de tais informações, construa uma rotina de estudos que contemple o programa divulgado pela banca. A matemática, assim como outras disciplinas de grande complexidade, pede reforço e prática constante. Assim, a melhor coisa a se fazer é apostar na repetição: faça as provas antigas do mesmo certame. Busque atuar sobretudo sobre os problemas que trazem mais dificuldade.

O aprimoramento no cálculo mental também é um ganho em potencial. Isso porque fazer “as contas de cabeça” pode te deixar mais ágil na resolução de questões simples, poupando tempo para o enfrentamento de problemas mais complexos. Em concurso público, detalhes fazem a diferença, e uma preparação perfeita deve estar atenta a eles.

Nenhum comentário