MATEMÁTICA NO ENEM

Share:

O Enem se consolidou como a principal forma de ingresso às maiores universidades do país. Nesse sentido, um estudo de matemática voltado ao vestibular deve se assentar no conteúdo programático previsto no edital, mas uma análise das provas passadas pode ajudar a otimizar a sua preparação.

Fizemos uma pesquisa das avaliações de 2011 até aqui. Nesses sete anos, as questões de matemática se concentraram nos seguintes conteúdos:

Funções de 1° e 2° graus.

Progressão aritmética e geométrica.

Estatística.

Grandezas proporcionais.

Porcentagem.

Equações 1º e 2º graus.

Trigonometria (triângulo retângulo e semelhança de triângulos)

Análise combinatória e probabilidade.

Os temas acima foram hierarquizados por incidência. Em outras palavras, a lista é construída por ordem de importância tendo como critério as competências e habilidades necessárias para a resolução das provas de Matemática do principal vestibular do Brasil. Vale a pena destacar, porém, que nem todos os temas aparecem isoladamente nas questões: é praxe do Enem misturar competências em questões de diversos níveis de dificuldade. Assim, a preparação deve combinar as habilidades apontadas, propiciando ao vestibulando a capacidade de resolução de problemas de distintos níveis de complexidade.

Este ano, as inscrições para o Enem vão do dia 7 ao 18 de maio. Mas o prazo para solicitação da taxa de isenção já está aberto e se encerra no próximo dia 11. Assim como na última edição, em 2018 as provas serão aplicados em dois finais semana distintos, sempre aos domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. Com o conteúdo preferencial de matemática nas maõs, não resta senão ir ao trabalho. Sorte!


Nenhum comentário