14ª OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA: POR QUE PARTICIPAR

Share:

Direcionada para estudantes a partir do 6º ano do Ensino Fundamental, a Olimpíada Brasileira de Matemática (OBMEP) é realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). A atividade compõe o circuito de atividades do Biênio da Matemática do Brasil 2017-2018, que tem patrocínio do BNDES.

Desde sua primeira edição, realizada em 2005, a OBMEP busca estimular o estudo da Matemática, revelar talentos – incentivando seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas – e promover a inclusão social pela difusão do conhecimento. Em 2017, o evento bateu recordes: foram mais de 55 mil escolas participantes, abrangendo 99,6% municípios do território nacional e com mais de 18 milhões de estudantes inscritos.

Neste ano, as inscrições começaram dia 21 de fevereiro e vão até o dia 2 de abril. Tendo como tema a “espiral logarítmica”, a Olimpíada terá três grupos de alunos. O primeiro, reunindo meninas e meninos do 6º e 7º ano; o segundo, discentes do 7º e 8º anos; e o terceiro grupo, com alunos do Ensino Médio. Ao longo das atividades, os candidatos serão submetidos à resolução de problemas de conteúdos matemáticos adequados às faixas etárias

Para inscrever seus alunos, a escola deve acessar o site e preencher o formulário correspondente. A partir daí, uma primeira fase com questões objetivas, aplicada ainda na instituição de ensino, seleciona candidatos para a segunda fase da competição. Ano passado, mais de um milhão de estudantes chegaram a essa etapa, proporcionando a troca de conhecimentos matemáticos e ganhando experiência em competições acadêmicas.

Por isso, caro professor, entre em contato com sua escola. Certifique-se de que sua inscrição na Obmep foi feita. É uma excelente oportunidade de ofertar aos alunos uma experiência única, que mescla socialização do conhecimento, desenvolvimento da vocação científica e diversão.

Nenhum comentário